in

Neymar Jr., pai e filho são diagnosticados com Covid-19; quadro de saúde é revelado

Comprovando o que o jornal francês L´Équipe havia noticiado na manhã de quarta-feira, dia 2, o atacante Neymar é mesmo um dos jogadores do Paris Saint Germain que testou positivo para o coronavírus. De acordo com informações colhidas pelo Globoesporte.com, o craque brasileiro chegou em Ibiza na última quinta-feira, e começou a se sentir mal no sábado, retornando a Paris no dia seguinte.

Publicidade

O portal informa que o jogador se encontra bem no momento. Além de Neymar, o pai do jogador e o filho do atacante, Davi Lucca, também foram infectados pela doença. O único que não apresentou sintomas da Covid-19 foi o garoto de nove anos. 

Nesta manhã (02), o jornal francês L´Équipe havia publicado que Neymar e os argentinos Paredes e Di María haviam testado positivo em uma bateria de exames promovida pelo clube parisiense. Pouco horas depois das especulações, o time francês confirmou o quadro positivo de três jogadores de seu elenco. Contudo, as identidades dos atletas não foram reveladas. 

Publicidade


“Três jogadores do PSG deram positivo no teste Sars CoV2 e estão sujeitos ao protocolo de saúde apropriado. Todos os jogadores e funcionários continuarão a realizar testes nos próximos dias”
, diz o comunicado do clube francês publicado nas redes sociais.

Publicidade

Fora da estreia

Diante do protocolo sanitário adotado pela Liga de Futebol Profissional da França (LPF), os três jogadores terão que cumprir uma quarentena de 14 dias e ficarão de fora da estreia do Paris Saint-Germain, que no dia 10 de setembro encara o Lens, na abertura do Campeonato Francês.

Publicidade

Além deste embate, o trio ainda deve perder o jogo diante do Olympique de Marselha, marcado para o dia 13 deste mês.

Publicidade
Publicidade
Publicidade