in

Após questionar se seria bom morrer, ator que viveu Beiçola sofre princípio de infarto

TV Globo / Observatório dos Famosos

O seriado A Grande Família foi um dos maiores sucessos da história da Rede Globo de Televisão. Após ter ficado no ar durante todas as quintas-feiras, por quase uma década e meia, uma renovação dentro da emissora carioca exigiu que o humorístico saísse da grade.

Publicidade

No entanto, A Grande Família sempre é relembrada pelos fãs e, em momentos especiais, a Globo reprisa alguns episódios icônicos do humorístico, que ficaram marcados para sempre nas memórias dos brasileiros.

E como ficaram tão marcados na história do entretenimento brasileiro, os fãs sempre querem saber como estão os atores que protagonizaram este grande clássico. Alguns estão bem e continuaram com suas carreiras de sucesso, protagonizando grandes papéis na TV Globo.

Publicidade

Entretanto, um dos que não continuaram com o auge que A Grande Família proporcionou, foi o ator Marcos Oliveira, que interpretou o saudoso Beiçola, dono de um bar no bairro onde vivia a famosa família tão conturbada, que tinha as brigas mais assistidas pela população brasileira.

Publicidade

O famoso intérprete do Beiçola, após A Grande Família, ficou com poucos trabalhos e já chegou até a pedir emprego e viralizar em um vídeo na internet. “Não sei se é bom morrer ou continuar nessa pandemia“, declarou o ator, ao passar necessidades sem trabalhos durante a crise causada pelo coronavírus.

Publicidade

Pouco tempo após essa frase comovente, em que Marcos Oliveira questionava se a morte não seria uma boa opção, o ator sofreu um princípio de infarto e precisou ser internado em um hospital do Rio de Janeiro. O jornalista Leo Dias procurou o intérprete de Beiçola, que confirmou a informação, mas ressaltou que tudo não havia passado de um susto.

O saudoso ator que fez Beiçola, aos 68 anos, sofreu com fortes dores no peito e braços. Os sintomas são considerados um princípio de infarto. Internado em uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento), em Botafogo, no Rio de Janeiro, Marcos Oliveira passa bem.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Bruno Avila

Redator de futebol, política e famosos desde 2016. Hoje um dos redatores mais lidos do 1News Brasil. Fique à vontade para falar comigo: brunoavilaprof@outlook.com