in

Filho de Flordelis diz que foi manipulado pela mãe e que alertou pastor sobre plano macabro: ‘estava cego’

Extra/Montagem Ingrid Machado

O filho afetivo de Flordelis, Wagner Andrade Pimenta, perdeu o contato com a mãe após apontá-la como mentora intelectual da morte do marido, o pastor Anderson do Carmo. Conhecido como Mizael, o filho afetivo da depurada federal voltou a se aproximar da família biológica após o rompimento com Flordelis.

Publicidade

Em entrevista ao Jornal Extra, Mizael falou sobre as acusações feitas pela mãe. Em depoimento recente, a deputada acusou o filho de desviar fundos da igreja à época em que era tesoureiro. Sobre as acusações, Mizael afirma que seriam frutos de seu posicionamento contra a pastora ao apontá-la como mandante do crime.

O filho afetivo da deputada afirmou, ainda, que foi  manipulado pela mãe durante muitos anos, pois era grato pelo acolhimento e buscava agradá-la de todas as formas. Mizael contou que chegou a alertar Andersom do Carmo sobre o plano macabro da mãe para ceifar sua vida, mas que ele não teria acreditado.

Publicidade

Ele estava cego. Era Deus no céu e ela na terra. O pastor amava muito ela”, disse Mizael. O filho da deputada revelou que Flordelis possuía o conhecimento sobre todas as movimentações financeiras da igreja, e que não procede a afirmação de que só teria tomado ciência das transações após a morte do pastor.

Publicidade

Mizael foi enfático ao dizer que a justiça será feita, e que acredita que a mãe já tenha se arrependido do crime. Segundo o filho da deputada, tudo aquilo que a mãe construiu ao longo dos anos acabou. Questionado se teria se sentido enganado, o vereador afirmou que sim, pois havia dedicado 30 anos de sua vida aos projetos de Flordelis.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade