in

No Jornal Nacional, Bonner mostra que situação do Brasil é catastrófica

Reprodução Globo

William Bonner, apresentador do Jornal Nacional, trouxe uma notícia que preocupa os brasileiros em meio à pandemia do novo coronavírus. O âncora do JN noticiou o rombo das contas públicas no Brasil nos períodos de julho e do ano inteiro. A situação do país é catastrófica economicamente falando e os números preocupam bastante.

Publicidade

“As contas do governo federal, dos estados, dos municípios e das estatais registraram o maior rombo para o mês de julho em duas décadas: R$ 81 bilhões. Consequências diretas dos gastos para combater a pandemia e da queda de arrecadação”, disse William Bonner.

O jornalista complementou as informações obtidas junto ao Banco Central e Tesouro Nacional. “No ano, o déficit é de quase R$ 500 bilhões (R$ 483,7 bi apareciam na tela). A dívida pública equivale a 86 e meio porcento de toda riqueza produzida pela economia brasileira no período de um ano”, finalizou Bonner.

Publicidade

Jornal Nacional se destaca em audiência

A audiência do principal telejornal da TV brasileira está nas alturas. Com a pandemia, o número de pessoas assistindo ao Jornal Nacional aumentou. Nesta segunda-feira (31), dados do Kantar Ibope mostram que o JN registrou 33,1 pontos de média na região da Grande São Paulo – a principal para o mercado publicitário.

Publicidade

O telejornal foi a segunda maior audiência da Globo no dia, atrás apenas dos 36,9 pontos de Fina Estampa. No mesmo dia, o SBT Brasil registrou 6,1 pontos de média, enquanto o Jornal da RecordTV fechou com 7,9 pontos. O JN é o telejornal mais assistido da TV brasileira.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!