in

Padre Robson de Oliveira: vazam trechos de ligações grampeadas de suspeitos de desviar recursos

G1 / Montagem

Nesta terça-feira, 1 de setembro, o portal de notícias G1 publicou novidades que envolvem o caso do Padre Robson de Oliveira. O pároco é acusado de desviar recursos de uma associação que é mantida com doações de fiéis, a Associação dos Filhos do Pai Eterno. Esses desvios, de acordo com a apuração do Ministério Público (MP), chegariam até a R$ 120 milhões. 

Publicidade

A novidade da vez é que o Ministério Público grampeou – tendo autorização da justiça – ligações entre empresários da região negociando para a construção de até seis mil casas em Trindade, no estado de Goiás. As ligações mostrariam uma suposta  intervenção do Padre Robson de Oliveira na política da cidade. Isso porque os empresários dizem que o pároco pode facilitar o andamento das negociações. 

Uma das ligações foi gravada no dia 5 de março e mostra a conversa de negociações entre os empresários Ademar Euclides Monteiro e Onivaldo Oliveira Costa Júnior. Eles negam qualquer interferência ilegal na construção do empreendimento, porém nas conversas tratam sobre as possíveis facilitações para ter licenças mais rapidamente. 

Publicidade

“Menino lá, agora é só se pedir o Pai Eterno, porque eu acho que nem o padre está atendendo mais não”, diz Onivaldo Júnior em um dos trechos das ligações divulgadas pelo Ministério Público. 

Publicidade


“”Lá evoluiu, mas não fica pronto essa semana. O secretário não atendeu, mas colocou uma funcionária para nos atender e prometeu que semana que vem está tudo resolvido”,
diz em outro trecho o mesmo suspeito. Além deles, o padre Robson também nega as acusações. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.