in

Jornal Nacional começa, Bonner se levanta e mostra ao vivo o que preocupa o Brasil

Reprodução Globo

O Jornal Nacional desta quinta-feira (27) começou com uma notícia que interessa a milhões de brasileiros. Logo depois da escalada de notícias do dia, rodou a vinheta de abertura do telejornal e William Bonner se levantou de seu lugar na bancada e foi próximo ao telão, de onde Márcio Gomes trouxe as informações atualizadas sobre a Covid-19.

Publicidade

“E a gente abre essa edição com os números da pandemia no Brasil atualizados pelo consórcio de veículos de imprensa”, disse Bonner, saudando Márcio Gomes. O apresentador do SP2 atualizou os dados da pandemia no país. As notícias não são boas, mas são melhores que nos meses anteriores.

“Oi, Bonner, Renata, boa noite pra vocês. Boa noite a quem nos assiste. Foram registrados nas últimas 24 horas no Brasil, 970 mortes por Covid. Esse é um número importante para ser destacado. Nos meses de julho e agosto, nunca uma quinta-feira havia ficado abaixo de mil registros num período de 24 horas”, explicou Márcio Gomes.

Publicidade

Média de casos e de mortes estão em queda no Brasil

O Brasil chegou à marca de 118.726 mortes e 3.764.493 casos de Covid-19. A média móvel de mortes nos últimos sete dias caiu 8% em relação a 14 dias atrás e chegou a 900. A média móvel de casos teve queda ainda maior, de 17%. A queda desses números é importante para todo o país.

Publicidade

Márcio Gomes também mostrou, ao vivo no Jornal Nacional, as mortes por Covid-19 em Minas Gerais. O estado registrou as primeiras mortes no dia 1º de julho. Desde então, os números cresceram rapidamente. Nesta quinta, MG chegou a 5.049 óbitos em decorrência da doença causada pelo novo coronavírus.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!