in

Maju Coutinho começa Jornal Hoje com notícias tristes e expõe realidade brasileira

Reprodução Globo

Maju Coutinho tem levado ao ar muitas notícias sobre a Covid-19 nos últimos meses. Aos poucos, porém, o Jornal Hoje – e outros telejornais da Globo também – passou a ficar mais diversificado, abordando outros temas além da pandemia do novo coronavírus.

Publicidade

Nesta quinta-feira (27), Maju Coutinho começou o Jornal Hoje com reportagem sobre a guerra do tráfico no Rio de Janeiro. A triste notícia é que uma mulher de 25 anos foi morta ao levar tiros na cabeça e na barriga. Ela estava com seu filho de três anos.

“A gente começa essa edição com notícias tristes do Rio de Janeiro, onde teve uma guerra de facção. Uma mãe tentou proteger o filho e morreu, teve tiroteio, teve morador que foi feito refém”, anunciou Maju Coutinho, chamando a repórter Lívia Torres.

Publicidade

Jornal Hoje mostra detalhes do tiroteio no Rio de Janeiro

O confronto entre traficantes foi um dos destaques do Jornal Hoje desta quinta. Depois de ser chamada por Maju Coutinho, Lívia Torres contou detalhes do ocorrido. “Esse tiroteio intenso começou por volta de 12h30 e há cerca de 10 minutos ele deu uma trégua. A gente fala aqui ao vivo do bairro do Rio Comprido, na zona norte do Rio de Janeiro, onde traficantes de facções rivais tentaram tomar o complexo do São Carlos, morro aqui da zona norte que fica no bairro do Estácio”, disse a repórter.

Publicidade

“Como você disse Maju, uma mulher, Ana Cristina, de 25 anos, ela tava indo pra um bar, levando o bebê dela, de três aninhos, no colo. Ela levou um tiro na cabeça e também na barriga. Ela chegou a ser socorrida pro hospital, mas ela não resistiu e morreu”, contou Lívia Torres.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!