in

Renata Vasconcellos, com semblante sério, diz o que os brasileiros não esperavam ao vivo no JN

Reprodução: Globo

Um telejornal normalmente é feito com boas e más notícias. O Jornal Nacional desta sexta-feira (21) é um claro exemplo disso. Em determinado momento, William Bonner deu uma notícia e anunciou que foram geradas mais de 100 mil vagas de empregos no Brasil em julho.

Publicidade

Em outro momento do telejornal mais assistido da TV brasileira, Renata Vasconcellos trouxe uma notícia preocupante ao Brasil. Aumentou o número de mortes violentas no primeiro semestre de 2020 em relação ao mesmo período do ano passado. O crescimento de 6% aconteceu mesmo com o isolamento social por causa da pandemia do coronavírus.

“No primeiro semestre, o Brasil registrou uma alta no número de assassinatos. As mais de 22,5 mil mortes violentas interromperam dois anos seguidores de quedas recordes. Na região nordeste, o crescimento de 22% teve um peso grande por causa daquele motim da polícia militar em fevereiro. No sul também houve alta. Nas outras regiões, houve menos crimes violentos do que no primeiro semestre do ano passado”, afirmou a jornalista.

Publicidade

Renata Vasconcellos teve folga durante a semana

Normalmente, Bonner e Renata apresentam o telejornal juntos de segunda a sexta-feira e, no sábado, a Globo coloca em ação um esquema de plantão. Em meio à pandemia do coronavírus, os apresentadores do JN aos sábados tem sido jornalistas do Rio de Janeiro. A emissora cancelou deslocamento aéreo dos profissionais.

Publicidade

Na segunda-feira, Renata Vasconcellos esteve de folga e não apresentou o telejornal ao lado de Bonner. Ana Luiza Guimarães, que apresenta telejornais locais no Rio de Janeiro e participa do plantão do JN aos sábados, esteve no lugar de Renata.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!