in

Padre Robson, o padre celebridade, é acusado de pegar para ele mais de R$ 60 milhões doados por fiéis

Época

Padre celebridade: é assim que é conhecido o Padre Robson de Oliveira Pereira, de 46 anos. Ele é acusado de se apropriar de cerca de R$ 60 milhões de doações de fiéis. O padre roda o Brasil inteiro e acaba agitando multidões por onde quer que passe. Segundo investigações, o Padre Robson teria associação com crime, além de outros delitos que são investigados como lavagem de dinheiro, sonegação fiscal e falsificação de documentos.

Publicidade

O Ministério Público do estado de Goiás chegou a pedir a prisão do religioso, mas a justiça negou a solicitação. A Associação Filhos do Pai Eterno (Afipe), criada e presidida por Robson, está no centro da polêmica. Só em 2014, a associação teria pago R$ 2 milhões em uma casa de praia na Bahia. Ainda segundo policiais e o Ministério Público, o padre também moraria em uma chácara de luxo. 

O local é grande  e de luxo,  tem paredes de vidros, além de ter vista para o jardim. O padre também tinha acesso a uma piscina coberta e com aquecimento. Além disso, o local dispõe de um ofurô, item conhecido dos brasileiros através dos realities. 

Publicidade

As investigações começaram após o padre Robson ser vítima de chantagens no ano de 2017. Na época, ele teve itens eletrônicos hackeados e, segundo informações do Ministério Público, bandidos pediram dinheiro para não revelarem imagens e mensagens de cunho pessoal, profissional e amoroso envolvendo o religioso. 

Publicidade

Nas redes sociais, o nome do Padre Robson virou um dos nomes mais falados da web. “Como que vou explicar pra minha vó de 94 anos que os boletos que ela paga do padre Robson é pra sustentar a jacuzzi e a piscina na sala dele?“, disse um dos internautas, como pode ser visto acima. 

Publicidade

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.