in

Eduardo Costa abre o jogo sobre política e assume nova postura: ‘vi que o jumento era eu’

UOL

Famoso por seus sucessos musicais e por polêmicas na mídia, Eduardo Costa assumiu uma nova postura no que se refere a política no Brasil. Em coletiva realizada na última quarta-feira (19), o sertanejo falou sobre sua nova visão diante do assunto.

Publicidade

Eduardo Costa já se posicionou, por diversas vezes, sobre suas preferências políticas. Mas foi categórico ao afirmar que assumiu uma nova visão dos fatos e não mais toma partido pela direita ou esquerda, permanecendo-se neutro nesse aspecto.

“Aprendi que nós não devemos ser pessoas extremistas. Quando você entra no meio político, e é extremo, você é um bobo”, disse o cantor, afirmando ainda que teria sido desequilibrado em alguns posicionamentos políticos.

Publicidade

O sertanejo contou que hoje em dia consegue enxergar que tanto a direita quanto a esquerda já contribuíram de forma positiva para o desenvolvimento do país. Eduardo Costa falou em tolerância e disse ainda que, mesmo que existam erros na política, muitos acertos aconteceram em determinadas decisões sobre o país.

Publicidade

Por fim, Eduardo Costa afirmou ter perdido a arrogância e está assumindo a postura de ouvir mais os dois lados antes de tomar qualquer frente política. O artista também admitiu que não tem mais a intenção de se mostrar mais inteligente que os outros.

Publicidade

“Às vezes a gente pensa que sabe mais que todo mundo. Mas, quando me coloquei no lugar das pessoas, descobri que o jumento era eu”, finalizou o sertanejo, fazendo questão de destacar que não se arrepende das polêmicas, pois todos os percalços teriam lhes servido de crescimento.

Publicidade
Publicidade
Publicidade