in

Médico que conduziu aborto de menina de 10 anos faz apelo no programa de Datena

UOL / Reprodução Band

O Brasil Urgente desta segunda-feira (17) levou ao ar, reportagem sobre o caso da menina de 10 anos que foi abusada pelo tio na cidade de São Miguel, no Espírito Santo. “Na tela do Brasil Urgente, por gentileza, meu amigo Latino”, disse o apresentador José Luiz Datena ao chamar reportagem sobre o caso (a reportagem completa pode ser assistida no vídeo abaixo).

Publicidade

Em seguida, a repórter Livia Zuccaro deu detalhes do ocorrido. A menina de 10 anos se queixou de dores na barriga e foi levada ao médico. Em seguida, foi identificado que ela estava grávida. A garotinha era abusada pelo próprio tio, que ficou foragido.

O homem foi preso na madrugada desta terça-feira, em Betim, Minas Gerais. A reportagem do Brasil Urgente mostrou detalhes da movimentação na porta do hospital em Recife, capital de Pernambuco, onde o aborto foi realizado.

Publicidade

No hospital, grupos se manifestaram a favor e contra o aborto na noite de domingo e houve muita polêmica relacionada ao assunto. A decisão médica foi interromper a gravidez de cerca de cinco meses. O procedimento abortivo durou aproximadamente 17 horas. A menina segue internada em Recife.

Publicidade

Médico fala ao Brasil Urgente e faz apelo

Responsável por conduzir o aborto, o obstetra Olímpio Moraes foi uma das pessoas ouvidas pela reportagem da Band. O profissional de saúde fez um apelo relacionado à menina de 10 anos. “Deixe essa criança viver. Não maltrate mais ela, por favor. Em defesa da vida”, afirmou Olímpio, que atua como diretor no hospital onde o aborto foi realizado.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!