in

Médico que conduziu aborto de menina de 10 anos faz apelo no programa de Datena

UOL / Reprodução Band

O Brasil Urgente desta segunda-feira (17) levou ao ar, reportagem sobre o caso da menina de 10 anos que foi abusada pelo tio na cidade de São Miguel, no Espírito Santo. “Na tela do Brasil Urgente, por gentileza, meu amigo Latino”, disse o apresentador José Luiz Datena ao chamar reportagem sobre o caso (a reportagem completa pode ser assistida no vídeo abaixo).

Publicidade

Em seguida, a repórter Livia Zuccaro deu detalhes do ocorrido. A menina de 10 anos se queixou de dores na barriga e foi levada ao médico. Em seguida, foi identificado que ela estava grávida. A garotinha era abusada pelo próprio tio, que ficou foragido.

O homem foi preso na madrugada desta terça-feira, em Betim, Minas Gerais. A reportagem do Brasil Urgente mostrou detalhes da movimentação na porta do hospital em Recife, capital de Pernambuco, onde o aborto foi realizado.

Publicidade

No hospital, grupos se manifestaram a favor e contra o aborto na noite de domingo e houve muita polêmica relacionada ao assunto. A decisão médica foi interromper a gravidez de cerca de cinco meses. O procedimento abortivo durou aproximadamente 17 horas. A menina segue internada em Recife.

Publicidade

Médico fala ao Brasil Urgente e faz apelo

Responsável por conduzir o aborto, o obstetra Olímpio Moraes foi uma das pessoas ouvidas pela reportagem da Band. O profissional de saúde fez um apelo relacionado à menina de 10 anos. “Deixe essa criança viver. Não maltrate mais ela, por favor. Em defesa da vida”, afirmou Olímpio, que atua como diretor no hospital onde o aborto foi realizado.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!