in

Renata Vasconcellos e Sandra Annenberg: vídeos mostram jornalistas atuando em novelas no início da carreira

Rede Globo / Montagem Ghean Fernandes

Quem acompanha Renata Vasconcellos e Sandra Annernberg à frente de programas jornalísticos da Rede Globo talvez nem imagine, mas as jornalistas começaram a carreira atuando, literalmente, em outra área. Famosas pela seriedade e profissionalismo nas bancadas de jornais da emissora, as famosas começaram na TV trabalhando em novelas.

Publicidade

Renata Vasconcellos, que atualmente é âncora do Jornal Nacional na companhia de William Bonner, e Sandra Annernberg, que comanda o Como Será?, na Rede Globo, exibiram seus talentos artísticos anos atrás, mas largaram a carreira de atriz para seguirem no jornalismo.

Renata Vasconcellos

Antes de se tornar uma jornalista conhecida e premiada, Renata Vasconcellos precisou trabalhar bastante para aumentar a renda financeira. Quando ainda cursava faculdade, a apresentadora do JN estagiou em uma agência publicitária e participou de campanhas, além de trabalhar como modelo.

Publicidade

Iniciando uma carreira artística, Renata deu seus primeiros passos na TV, ingressando na carreira de atriz. Em 1995, a jornalista atuou na novela A Próxima Vítima e no mesmo ano protagonizou a abertura da novela História de Amor. Confira cena da apresentadora em novela:

Publicidade

No vídeo, Renata Vasconcellos aparece na companhia de Susana Werner e Vanessa Lóes. As três artistas viveram modelos na trama escrita por Sílvio de Abreu.

Publicidade

Sandra Annenberg

Sandra, que durante anos esteve na bancada do Jornal Hoje, tem um currículo como atriz ainda maior que o de Renata Vasconcellos. Antes de se firmar como jornalista na Rede Globo, a famosa começou atuando no humorístico Bronco, da extinta Rede Bandeirantes, em 1985.

Annernberg seguiu com os trabalhos como atriz e atuou em Chapadão do Bugre, Tarcísio & Glória, Pacto de Sangue, República e A, E, I, O.. Urca. Confira uma cena da jornalista interpretando:

Com o passar dos anos, Sandra acabou abrindo mão da carreira de atriz e seguiu os primeiros passos como jornalista. Annernberg teve seu trabalho reconhecido e desde então segue como um dos grandes nomes do jornalismo da Globo.

Publicidade
Publicidade
Publicidade