in

Filha do cantor Belchior confessa assassinato de homem em programa sexual

G1

A filha do cantor Belchior, Isabela Menegheli Belchior, de 26 anos, confessou nesta quinta-feira, 13 de agosto, a morte de um homem. O metalúrgico Leizer Buchiwieser dos Santos foi morto há um ano, em agosto do ano passado. Além dela, a namorada da filha do de Belchior, Jaqueline Priscila Dornelas Chaves, de 31 anos, também teria participado do crime. 

Publicidade

Além da namorada e da filha do cantor Belchior, outras duas pessoas também teriam relação com o crime já foram presas. Essas pessoas estão na cadeia, preventivamente, desde o mês de março. Elas foram acusadas de latrocínio, que é quando existe um roubo seguido do assassinato da pessoa que é roubada. 

O cantor Belchior faleceu em 2017. Segundo a filha do artista, ela teria se defendido de agressões do metalúrgico morto durante um programa sexual. 

Publicidade

“A Isabela assume a agressão, mas ela alega que tentou se defender porque ele [Santos] tentou manter sexo de forma forçada, e que os outros dois vieram em sua defesa e ela acabou dando o primeiro golpe de faca”, disse o delegado do caso ao falar sobre o assunto. 

Publicidade

A morte do metalúrgico, segundo a polícia, ocorreu depois dele sair de casa para trabalhar. O homem, segundo a polícia, seria um pedófilo e tinha costume de fazer programas sexuais com crianças. Ele teria sido morto ao marcar um desses programas. A filha do cantor Belchior e sua namorada teriam levado uma sobrinha de três anos até o encontro com o homem. 

Publicidade

O objetivo das duas era extorquir dinheiro do metalúrgico. Elas teriam ido até à casa dele, onde iniciaram as agressões e, mais tarde, mataram o homem. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.