in

Pabllo Vittar dispara contra Marília Mendonça após fala em live: ‘Acha engraçado contar piada transfóbica’

Instagram Pablo Vittar / Marília Mendonça

No último sábado (8), Marília Mendonça realizou mais uma de suas lives e causou controvérsia nas redes sociais. A sertaneja foi acusada de transfobia por internautas após fazer piadas durante uma conversa com seus músicos. O assunto teve início quando a cantora comentou o episódio em que um dos membros de sua equipe teria ficado com uma mulher transexual.

Publicidade

De acordo com Marília, o episódio ocorreu em uma boate em Goiânia. Durante a conversa com seus músicos, a cantora deu risada e comentou o fato em tom de deboche. No último domingo (9), a youtuber e modelo Bruna Andrade gravou um vídeo em suas redes sociais explicando os motivos pelos quais as falas de Marília foram transfóbicas.

Após a repercussão do fato, a cantora foi duramente criticada na internet e acusada de transfobia. Pablo Vittar, um dos grandes representantes da comunidade LGBTQI+ no Brasil, usou seu perfil no Twitter para comentar o episódio e lamentar a existência do preconceito.

Publicidade

O ano é 2020 e ainda tem gente que acha engraçado fazer piada transfóbica”, disparou Pablo. Marília Mendonça também usou seu perfil no Twitter para comentar o episódio. A sertaneja afirmou que teria refletido bastante sobre o ocorrido e reconheceu que precisava melhorar. Marília pediu perdão e disse que não tentaria se justificar.

Publicidade

Publicidade

Mais tarde, a cantora voltou a se manifestar e foi além, afirmando que iria se retratar em sua próxima live. Por fim, a sertaneja afirmou que contava com a ajuda de todos os seus fãs para aprender mais e se desconstruir a cada dia.

Publicidade
Publicidade
Publicidade