in

Globo não dá folga para Bonner e Renata e exibe edição histórica do Jornal Nacional

Reprodução Globo

William Bonner e Renata Vasconcellos apresentam o Jornal Nacional de segunda a sexta-feira. Normalmente, eles estão de folga aos sábados, quando a Globo adota um esquema de rodízio com diversos apresentadores. Em feriados e emendas de feriados os âncoras titulares também costumam ter folga.

Publicidade

Desde o início da pandemia, a Globo afastou jornalistas do grupo de risco e proibiu viagens de profissionais de um estado para outro. Por este motivo, os plantões do JN aos sábados eram apresentados por jornalistas da Globo Rio. 

Ana Paula Araújo, Mariana Gross, Hélter Duarte, entre outros, se revezavam na apresentação do Jornal Nacional aos sábados. Ontem, porém, a Globo fez diferente. William Bonner e Renata Vasconcellos não tiraram folga e apresentaram o telejornal direto dos estúdios do Rio de Janeiro.

Publicidade

Edição do Jornal Nacional termina de forma histórica

A edição do Jornal Nacional deste sábado (8) terminou de forma histórica. William Bonner e Renata Vasconcellos fizeram críticas contundentes aos governantes brasileiros, especialmente ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que coleciona frases polêmicas em meio a pandemia. Bonner e Renata também citaram a Constituição.

Publicidade

Nas redes sociais, muitos internautas falaram sobre o assunto. Trecho final do JN foi publicado pelo oficial do telejornal e já alcança mais de 1 milhão de visualizações. Tudo aconteceu no dia em que o Brasil ultrapassou a marca de 100 mil mortes por Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. O país é o segundo no mundo em número de óbitos pela doença, atrás apenas dos Estados Unidos. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!