in

De forma silenciosa, Jornal Hoje presta homenagem às 100 mil vitimas do coronavírus

Neste sábado (8), a Globo encerrou o Jornal Hoje com um protesto silencioso às mais de 100 mil mortos pelo coronavírus no país. A emissora suspendeu a tradicional vinheta de encerramento da atração e terminou a edição em silêncio para homenagem às vítimas.

Publicidade

No jogo de futebol clássico entre Palmeiras X Corinthians, na final no Campeonato Paulista, a emissora promoveu o habitual um minuto de silêncio antes da bola rolar em campo, também como homenagem às pessoas que foram mortas infectadas pela Covid-19.

Segundo os números atualizados pelo consórcio de veículos de imprensa e informado pela jornalista Maria Júlia Coutinho, o número de mortes registrados no Brasil por causa da doença é de 100.240 pessoas.

Publicidade

O Brasil se equipara aos EUA sendo os primeiros a ultrapassar o número de 100 mil vítimas. Ainda segundo o consórcio, desde que foi registrada a primeira morte no Brasil, em meados do mês de março, foram menos de cinco meses para chegar ao número atual.

Publicidade

Como os números mais recentes foram atingidos quando o programa estava no ar, sendo exibido ao vivo para o Brasil inteiro, os telejornais que antecederam ao Jornal Hoje encerraram como de costume.

Publicidade

Ainda na manhã de hoje, a ONG Rio de Paz também realizou uma manifestação em memória as vítimas. O grupo ainda protestou e disparou críticas contra a administração no período da pandemia. As estatísticas que deixam o Brasil em destaque negativo já ultrapassa o número de mortos em episódios como a Gripe Espanhola e a Guerra do Paraguai.

Publicidade
Publicidade
Publicidade