in

Motoboy vítima de racismo conta com apoio de famosos e deve ter mudança de vida

Reprodução Twitter Luciano Huck

A vida de Matheus Pires, de 19 anos, está passando por uma mudança radical. Até esta quinta-feira (06), o rapaz de Valinhos, interior de São Paulo, era um dos milhões de anônimos do Brasil, que trabalham para ganhar a vida e ajudar a família a pagar as contas no fim do mês.

Publicidade

Na quinta, o jovem foi vítima de racismo em um condomínio de classe média da cidade do interior. O vídeo foi parar nas redes sociais e conta com milhões de visualizações. Matheus Pires deixou de ser anônimo e está bastante conhecido. Em seu Instagram, já ultrapassou a marca de 200 mil seguidores.

O rapaz conversou com Luciano Huck por videochamada e tem recebido o apoio de muitos famosos. A vida de Matheus deve dar uma guinada. Huck, por exemplo, prometeu uma moto para ele. O motoboy está trabalhando com a do pai porque a dele está com problemas no motor.

Publicidade

Marcos Mion divulga vaquinha para ajudar Matheus

Apresentador da RecordTV, Marcos Mion, usou sua conta oficial no Twitter para divulgar a vaquinha oficial que está sendo em prol de Matheus. O objetivo é arrecadar R$ 35 mil, mas o valor arrecadado deve ser bem maior. Por volta das 17h, a vaquinha contava com pouco mais de R$ 6 mil doados. Às 18h40, o valor estava chegando a R$ 24 mil.

Publicidade

O homem que cometeu injúria racial contra Matheus foi identificado. Reinaldo Gottino, também apresentador da Record TV, informou o nome completo do agressor e disse que ele é filho de uma advogada da cidade de Valinhos. O homem, que também chama Mateus, foi à delegacia porque o motoboy registrou boletim de ocorrência.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!