in

Chega de mortes? Jornal Nacional perde audiência e começa a deixar a pandemia de lado

Reprodução Globo

A Rede Globo tem dedicado espaço extenso em sua programação para a cobertura da pandemia causada pelo novo coronavírus. Desde março, os telejornais da casa se debruçaram sobre o tema e levaram muitas horas de informações sobre a Covid-19 aos telespectadores. Nos últimos dias, porém, a cobertura tem diminuído.

Publicidade

Na segunda-feira, o colunista Mauricio Stycer, do UOL, informou que apenas dez minutos do Jornal Nacional foram dedicados à notícias sobre a pandemia. Uma semana antes, o telejornal de William Bonner e Renata Vasconcellos havia dedicado 30 minutos ao tema. Na terça-feira, a escalada do JN não abordou a Covid-19. Esta foi a primeira vez desde o dia 21 de fevereiro.

Jornal Nacional perdeu audiência em julho

Nas redes sociais, alguns internautas acusam o Jornal Nacional de só abordar a pandemia e levar pânico à população. O fato é que nos últimos dias, o espaço para cobrir o tema tem sido diminuído e isso pode ser reflexo da queda de audiência. A população já não tem tanto interesse no assunto como antes.

Publicidade

De acordo com o Notícias da TV, a audiência média do Jornal Nacional na região da Grande São Paulo, em julho, foi de 30,3 pontos. O índice é menor que os 30,5 pontos alcançados em fevereiro, período pré-pandemia. Em março, o JN conquistou a maior audiência mensal do ano, fechando com 33,9 pontos em programas recheados com notícias sobre o coronavírus.

Publicidade

Na comparação dos meses de março e julho, o Jornal Nacional perdeu um de cada dez telespectadores. A tendência é que Bonner e Renata falem menos sobre a pandemia a cada semana daqui para frente.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!