in

Jornal Nacional é criticado por ignorar conclusão de inquérito sem indiciamento de Felipe Prior

Reprodução Globo

O Jornal Nacional desta quarta-feira (5) foi criticado nas redes sociais por não noticiar a conclusão de inquérito em que o ex-BBB Felipe Prior era acusado de estupro e tentativa de estupro por três mulheres. O ex-participante do reality show da Globo não foi indiciado pela Polícia Civil.

Publicidade

Nas redes sociais, fãs de Prior comemoraram a decisão tomada pela 1º Delegacia de Defesa da Mulher de São Paulo. O caso agora vai para o Ministério Público, que tomará a decisão de encerrá-lo ou apresentar nova denúncia e pedir mais investigações.

Em abril, logo depois de Prior ser eliminado do BBB20, a revista Marie Claire publicou reportagem em que três mulheres acusavam Prior. A violência teria ocorrido nos anos de 2014, 2016 e 2018. O Jornal Nacional noticiou o caso à época. Por este motivo, o principal telejornal da TV brasileira está sendo cobrado.

Publicidade

Bonner noticiou inquérito contra Prior no JN

Quando Prior foi acusado pelas três mulheres, William Bonner informou aos telespectadores do Jornal Nacional. “O Ministério Público de São Paulo pediu a polícia a instauração de um inquérito para apurar a denúncia contra o arquiteto Felipe Prior. Numa notícia-crime enviada à Justiça, três mulheres o acusam de estupro e tentativa de estupro”, disse o âncora do JN.

Publicidade

Agora, os fãs de Prior querem que o Jornal Nacional dê o mesmo espaço para dizer que não houve indiciamento. Em abril, de acordo com o Notícias da TV, o JN exibiu reportagem de três minutos e 24 segundos sobre o caso. O telejornal dessa quarta foi mais curto, devido à exibição do futebol e, talvez por isso, não noticiou sobre o caso Prior.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!