in

Bonner e Renata dão notícia importante no JN e enchem brasileiros de esperança

Instagram William Bonner / Reprodução Globo

Nas redes sociais, muitos internautas acusam o Jornal Nacional de noticiar apenas coisas ruins. Nos últimos meses, o JN, principal telejornal da TV brasileira, tem se dedicado na cobertura da pandemia do novo coronavírus e isso tem incomodado alguns telespectadores.

Publicidade

Mas não a ponto de fazer a audiência do Jornal Nacional diminuir. Pelo contrário, o telejornal da Globo tem alcançado altos índices de audiência nos últimos meses, normalmente, com médias superiores aos 30 pontos na região da Grande São Paulo, principal mercado publicitário do país.

Jornal Nacional exibe reportagem sobre vacina para Covid-19

“O Ministério da Saúde da Rússia anunciou que está planejando para outubro uma vacinação em massa contra a Covid-19”, anunciou Bonner. Em seguida, entrou no ar a reportagem contando os detalhes da vacina que está sendo produzida pelo Instituto Gamaleya, de Moscou. A vacinação é planejada para outubro. Caso se confirme, a Rússia será o primeiro país a vacinar sua população.

Publicidade

Mas o que o Brasil ganha com isso? De acordo com a repórter Bianca Rothier, o Brasil está entre os 20 países que demonstraram interesse na vacina russa. Esta seria uma grande notícia para os milhões de brasileiros que aguardam a vacina contra a Covid-19.

Publicidade

“Em Brasília, o Ministério da Saúde declarou que tem interesse em adquirir qualquer vacina com eficácia comprovada e que o Brasil já está em tratativa com os laboratórios que desenvolvem as pesquisas mais promissoras do mundo. O Ministério da Saúde não respondeu se isso inclui, especificamente, a vacina russa”, finalizou Renata Vasconcellos.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!