in

Bonner e Renata terminam Jornal Nacional de luto e silêncio chama a atenção

Reprodução Globo

O Jornal Nacional desta quarta-feira (29) foi mais curto devido à transmissão do futebol para alguns estados, mas não deixou de ser impactante e de chamar a atenção dos telespectadores que acompanhavam ao telejornal apresentado por Renata Vasconcellos e William Bonner.

Publicidade

No último bloco do JN, Márcio Gomes entrou ao vivo dos estúdios da Globo em São Paulo e atualizou os dados sobre a Covid-19. Os dados do consórcio de veículos de comunicação mostraram que o Brasil ultrapassou a marca de 90 mil mortes em decorrência da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

No total, 90.188 pessoas morreram por Covid-19 em todo o Brasil. O país é o segundo do mundo com o maior número de mortes, atrás apenas dos Estados Unidos, e caminha para bater a marca de 100 mil óbitos. O JN também mostrou que em alguns estados o número de mortes está crescendo, em outros se mantém estável e em alguns diminui.

Publicidade

Renata e Bonner terminam Jornal Nacional em silêncio

O JN desta quarta-feira terminou com homenagem às vítimas da Covid-19. “A gente termina essa edição com nosso respeito a todas as famílias dos mais de 90 mil brasileiros, vítimas dessa tragédia”, disse Renata. Atrás dela, no telão, havia o número de vidas perdidas. Ela e Bonner não deram boa noite aos telespectadores.

Publicidade

Publicidade

Após a fala de Renata, o JN foi encerrado. A câmera se afastou, mostrou uma visão panorâmica dos estúdios. A trilha tradicional do telejornal não foi executada como forma de respeito. Nas redes sociais, os internautas repercutiram o encerramento do Jornal Nacional desta quarta.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!