in

Assassino de ator de Chiquititas entra para lista dos criminosos mais procurados

G1

Procurado desde o dia 9 de junho de 2019, o empresário Paulo Cupertino Matias, de 49 anos, entrou para a lista dos criminosos mais foragidos e buscados pela polícia do estado de São Paulo. Ele é acusado de assassinar o ator de Chiquititas, Rafael Miguel, e os pais do jovem de 22 anos. De acordo com a acusação do Ministério Público, Cupertino não aceitava o namoro da sua filha, Isabela Tibcherani, com Rafael. 

Publicidade

Cupertino fugiu após atirar 13 vezes em Rafael e no casal João Alcisio Miguel, de 52 anos, e Miriam Selma Miguel, de 50 anos. Dez dias depois do ocorrido, a Justiça transformou o mandado de prisão temporária de Cupertino em preventiva.

Além do empresário, dois amigos dele se tornaram réus no caso do assassinato: Eduardo José Machado e Wanderlei Antunes. Ambos responderão pelo crime de favorecimento pessoal, por auxiliar Paulo a fugir do local após o crime. Cupertino é acusado de triplo homicídio duplamente qualificado.

Publicidade

No mês passado, a irmã de Rafael Miguel publicou um vídeo emocionante nas redes sociais relembrando um ano da partida dos três familiares.

Publicidade

Publicidade

Interpol

O pedido de prisão preventiva funciona como um dos requisitos para incluir o nome de um criminoso na lista dos mais procurados pela Polícia Civil. Agora além de constar no banco da polícia nacional, o nome de Paulo Cupertino será inserido na página da Interpol. Fato este que alertaria outros países sobre a sua fuga e periculosidade. 

A polícia suspeita que o empresário possa ter deixado o país e tenha fugido para o exterior. Em uma vasta varredura em 300 endereços, em 10 estados do Brasil e em dois países sul-americanos, as autoridades não conseguiram desvendar o paradeiro do criminoso.

Publicidade
Publicidade
Publicidade