in

Ex-garota de programa, Andressa Urach relembra experiências nojentas: ‘Eu era podre’

Andressa Urach abriu o jogo e falou sobre os tempos de prostituição, durante bate-papo com o jornalista Leo Dias. Em entrevista que foi ao ar na manhã desta sexta-feira (24), a apresentadora chocou os internautas ao revelar algumas experiências sexuais que ela teve na época em que era garota de programa.

Publicidade

Ao blogueiro, a ex-participante do reality show A Fazenda contou que precisava se submeter a diversos atos nojentos, como urinar e defecar nos clientes. Em outras situações, Andressa também deixava que o pagador fizesse xixi ou evacuasse as fezes nela. Urach ainda disse que recebia ainda mais dinheiro por essas práticas.

A coisa mais nojenta e que mais se pagava é você se submeter a urinar e defecar no cliente ou vice e versa. De você, por exemplo, ter que botar a sua mão dentro da parte íntima desse homem. Coisas que depois a sua cabeça pira”, declarou.

Publicidade

A modelo também afirmou que, após o ato, tomava um banho e se sentia péssima com toda sujeira. Segundo a ex-dançarina de Latino, ela não tinha mais amor próprio e nem princípios. Além disso, Andressa Urach declarou que sentia que não merecia uma segunda chance, e que esse foi o maior erro de sua vida.

Publicidade

Eu bebia, cheirava cocaína todos os dias para buscar a felicidade. E hoje eu sou feliz. Eu fui podre, um ser humano nojento que não merecia uma segunda chance“, complementou.

Publicidade

Andressa Urach revela que não tem relações há três anos

Andressa mudou completamente depois de se converter ao cristianismo. Hoje evangélica, a gaúcha afirmou que não tem relações há três anos, e agradeceu a segunda chance que teve na vida. Nas redes sociais, internautas também comemoraram a mudança da apresentadora. “Nossa! Como a Andressa está diferente, leve“, comentou uma fã.

Não sou evangélica, mas realmente acredito na conversão dela! Sempre me emociono“, escreveu outra.

Publicidade
Publicidade
Publicidade