in

Após demissão de apresentadora do Jornal Nacional, TV Globo se posiciona e fala em ‘ética’

TV Globo

A TV Globo decidiu se posicionar a respeito da demissão de uma apresentadora que fez parte do Jornal Nacional. Ellen Ferreira, jornalista que trabalhava em Roraima, foi desligada da emissora em meio a um escândalo. Ela deixou o canal após acusar de assédio o diretor Edison Castro, que é chamado pela profissional até mesmo de ‘psicopata’. De acordo com a apresentadora, a demissão teria ocorrido porque ela decidiu denunciar um caso de assédio. 

Publicidade

Globo fala sobre demissão de apresentadora que fez parte do Jornal Nacional

A Globo falou sobre as acusações e disse, por meio de nota, que é contra qualquer tipo de assédio. O diretor de jornalismo da Globo, Ali Kamel, inclusive, teria reportado o caso para as afiliadas da Globo. Isso porque elas seriam empresas diferentes e independentes da Globo, mas que precisam seguir os mesmos princípios editoriais da Rede Globo de Televisão.

Ali Kamel fez uma queixa à Rede Amazônica, afiliada da qual Ellen Ferreira fazia parte, para apurar o caso, que é no mínimo estranho, especialmente porque a apresentadora há poucos meses era uma das principais da região, fazendo parte do rodízio dos 50 anos do Jornal Nacional.

Publicidade

“A Globo reitera que o respeito é um valor fundamental do seu Código de Ética. A empresa repudia qualquer tipo de assédio ou preconceito, que não são tolerados no ambiente de trabalho em nenhuma hipótese. Os esclarecimentos sobre o que ocorreu depois devem ser dados pela afiliada”, diz a nota da TV Globo sobre o assunto. 

Publicidade

Vale lembrar que, no passado, a Globo promoveu demissões, após acusações parecidas. Um dos casos mais notórios foi envolvendo o apresentador William Waack, acusado de racismo.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.