in

Bonner e Renata prestam a última homenagem a grande nome da música brasileira: ‘Morreu hoje’

Reprodução Globo

A música brasileira está de luto e isso foi assunto no Jornal Nacional desta quinta-feira (23). Morreu no Rio de Janeiro Sérgio Ricardo. No JN, a jornalista Renata Vasconcellos anunciou a morte do artista. “Morreu hoje no Rio, aos 88 anos, o cantor, compositor, cineasta e escritor Sérgio Ricardo”, disse a apresentadora.

Publicidade

Sérgio Ricardo ficou bastante conhecido pelo público brasileiro em 1967. “Ele quebrou o violão e atirou na plateia depois de ser vaiado”, afirmou Renata, sem informar que o Festival de Música Popular Brasileira era organizado pela RecordTV – à época, Rede Record.

Renata também explicou aos telespectadores que Sérgio Ricardo dirigiu filmes e compôs trilhas sonoras importantes. Um dos destaques foi no filme Deus e o diabo na Terra do Sol, de Glauber Rocha, nos anos 1960. O artista também recebeu destaque pelo trabalho em História de João e Joana, cordel de Carlos Drummond de Andrade que ele musicou.

Publicidade

Sérgio Ricardo teve insuficiência cardíaca

Depois de exibir imagens do artista, Renata Vasconcellos falou sobre a causa da morte do cantor. “Sérgio Ricardo pegou Covid-19 em abril, se recuperou da doença, mas continuou internado. Morreu de insuficiência cardíaca. O enterro é amanhã (esta sexta-feira), na Ilha do Governador, no Rio”, finalizou a jornalista.

Publicidade

O Jornal Nacional costuma destacar a morte de pessoas famosas e que fazem parte da história brasileira. Sérgio Ricardo, embora não fosse muito conhecido pelas novas gerações, era um nome histórico da música brasileira e merecia o destaque que foi dado.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!