in

SBT vende seis cotas de patrocínio para o Fla-Flu e fatura milhões

Montagem Diogo Marcondes

O site Máquina do Esporte divulgou com exclusividade os valores ganhos pelo SBT com a venda das cotas de patrocínio para a partida entre Flamengo e Fluminense, disputada na noite desta quarta-feira (15), no Estádio do Maracanã. O jogo final do Campeonato Carioca terminou com vitória e título do Rubro-negro, que chegou a 36 conquistados no Estadual do Rio de Janeiro.

Publicidade

O SBT colocou seis cotas à venda. De acordo com o Máquina do Esporte, o valor de tabela para cada uma das cotas era de R$ 11,374 milhões. Ainda segundo o site, a emissora ofereceu descontos generosos que variaram de 92% a 95% às empresas interessadas. Estes descontos são normais.

Todas as seis cotas nacionais colocadas à venda foram vendidas. A primeira empresa a comprar a cota de patrocínio foi a PicPay. Em seguida, vieram Brahma, Havan, Miorrelax, Shampoo Clear (Unilever) e Estácio. As cotas acabaram sendo vendidas entre R$ 400 e R$ 800 mil cada uma delas.

Publicidade

SBT recebe R$ 4 milhões em cotas de patrocínio

De acordo com o Máquina do Esporte, o faturamento do SBT com as vendas das cotas girou em torno de R$ 4 milhões. Com o abatimento do custo operacional e da retenção de impostos, sobram cerca e R$ 3 milhões. O canal de Silvio Santos comprou os direitos de transmissão do Flamengo.

Publicidade

O acordo entre a emissora e o clube previa divisão dos lucros. Neste caso, SBT e Flamengo devem ficar com R$ 1,5 milhão cada um. O valor não é baixo, mas também não é dos maiores. Vale lembrar que no início do ano, o Fla não chegou a um acordo com a Globo, que queria pagar R$ 18 milhões ao clube pelos direitos do Campeonato Carioca.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!