in

Em plena pandemia, vídeo mostra Mc Kevin e PK Delas em festa regada a bebidas e mulheres: ‘Sem hora pra acabar’

Reprodução: Extra

Nesta segunda-feira (13), o Brasil abriu a semana com um aumento no número de mortes provocadas pelo coronavírus, segundo informações do UOL, foram registrados 770 novos óbitos em um intervalo de apenas 24 horas. Em um comparativo com a semana anterior, é possível perceber o aumento, no dia 06 de julho, eram 656 mortes no mesmo lapso temporal.

Publicidade

O país já bate recordes de mortes, são 72.921 desde o início da pandemia. No entanto, muitas pessoas parecem ignorar o estado de calamidade que assola o Brasil, inclusive alguns famosos, que acabam influenciando negativamente grande parte do público.

Exemplo disso, são os funkeiros MC Kevin e PK Delas, que não escondem de ninguém o descumprimento das recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS), voltadas para a prática do isolamento social. Nesta segunda-feira, apesar dos 770 novos óbitos, eles resolveram dar uma festa, regada com mulheres e bebidas, demonstrando falta de empatia com as pessoas que realmente cumprem a quarentena em suas casas, abdicando muitas coisas que demandam contato pessoal.

Publicidade

Registrou tudo nos stories

O Mc PK Delas ainda fez questão de gravar diversos momentos da confraternização e postar nos stories do Instagram, rede social em que conta com aproximadamente 2,3 milhões de seguidores. Nas filmagens, ele ostenta diversas garrafas de bebidas, mostra diversas outras pessoas que estavam participando do evento e afirma: ‘Está chegando mais gente, sem hora pra acabar‘.

Publicidade

View this post on Instagram

MC Kevin e PK Delas fazem festa com aglomeração.

A post shared by Retratos da Vida (@retratosdavida_extra) on

Publicidade

Mc Kevin já testou positivo para o coronavírus

Até um DJ foi contratado para tocar na festa, que tinha como um dos convidado o MC Kevin, que já testou positivo para o coronavírus em maio deste ano. Na ocasião em que foi diagnosticado com a doença, o funkeiro já havia causado polêmicas sobre furar a quarentena.

Publicidade