in

Em conversa vazada, Johnny Depp e ator de ‘Vingadores’ ameaçam matar e estuprar cadáver de Amber Heard

Toby Melville

Publicidade

O processo movido por Johnny Depp contra o jornal inglês The Sun começou na última terça-feira (07), em Londres, e as provas apresentadas no tribunal vem abalando o mundo dos famosos. O ator acusa o tabloide de difamação, após o veículo chamar o artista de ‘espancador de esposas’, em matéria publicada em 2018.

Para tentar comprovar o comportamento agressivo do astro de Piratas do Caribe, a defesa do The Sun expôs uma conversa de Johnny com o ator Paul Bettany, do filme Os Vingadores, e que deixou os fãs chocados. Em mensagens enviadas em 2013, a dupla pensa em diferentes maneiras de destruir Amber Heard, ex-esposa de Depp. As informações foram divulgadas pelo Daily Mail.

Publicidade

Eu pensei em maneiras de fazermos muito dinheiro! Eu sei que você já tem muito dinheiro, mas eu quero dizer MUITO dinheiro e com muito pouco esforço. Primeiro de tudo, nós compramos um castor de estimação para a Amber e tiramos fotos suas com o tal castor. E depois tudo o que precisamos fazer é criar um site com o nome ‘Johnny Depp depila o castor de Amber Heard”, escreveu Paul.

Publicidade

Bettany, então, sugeriu que eles não queimassem Amber e afogassem a atriz, ao ‘modo inglês’. O ator britânico ainda lembrou o amigo que ele tinha uma piscina em casa para fazer o serviço. Para piorar, Johnny Depp fez apologia ao estupro e necrofilia, além de assassinato.

Publicidade

Vamos afogá-la antes de queimá-la! Eu vou f**** o cadáver queimado dela depois para garantir que ela esteja morta“, ameaçou Depp. No tribunal, o norte-americano declarou que as mensagens foram uma ‘brincadeira’. 

Entenda a polêmica entre Johnny Depp e Amber Heard

Em 2016, Amber Heard acusou o até então marido de violência doméstica. Na época, a imprensa divulgou imagens de supostos machucados que a atriz teria sofrido, mas Depp afirmou que os ferimentos foram forjados com maquiagem. Após o divórcio, a modelo retirou as acusações e recebeu U$ 7 milhões do ex-marido.

Johnny também decidiu processar a ex por difamação, após ela enviar uma carta ao The Washington Post afirmando ter sido vítima de abuso doméstico. O processo foi aceito em março deste ano, segundo o site Yahoo.

Publicidade
Publicidade
Publicidade