in

Jornal Nacional faz linda homenagem a músico morto hoje; sofreu acidente doméstico e não resistiu

Reprodução Jornal Nacional

A música sofreu a uma dura perda nesta segunda-feira (6). Faleceu o maestro Ennio Morricone, suas obras abrilhantaram principalmente os filmes clássicos de faroeste ou mesmo aqueles em que focavam na máfia e muita ação. O sucesso e a história de Morricone foram homenageados na noite desta segunda pelo principal editorial de notícias do país, o Jornal Nacional.

Publicidade

Caso você acredite que, por não ser fã de filmes de máfia ou faroeste, não faça ideia de nenhuma das obras de Ennio Morricone, confira o vídeo a seguir e veja se realmente nunca ouviu essa trlha sonora:

Os trabalhos de Morricone são a partir da década de 60, o maestro assinou, ao longo de sua trajetória, nada menos do que 500 obras. Ele chegou a participar de alguns filmes pequenos na Itália, sua terra natal, a grandes aparições no cinema de Hollywood, 

Publicidade

Brian de Palma, John Carpenter, Bernardo Bertolucci e Quantin Tarantino são alguns exemplos de diretores que inseriram as trilhas do maestro em suas produções cinematográficas, o que ajudou a deslanchar ainda mais a imagem de Ennio.

Publicidade

O Jornal Nacional, como não poderia deixar de ser, deu destaque a algumas músicas de Morricone, dando um pouco mais de atenção a que está nesta matéria. Ela certamente é aquela que seria difícil encontrar alguém que nunca tenha ouvido. Mesmo em desenhos animados, em cenas deserto ou confrontos de faroeste, ela podia ser ouvida, mostrando que Ennio se foi, mas suas produções dificilmente serão esquecidas.

Publicidade

Ennio faleceu em decorrência das consequências de um acidente doméstico. Ele quebrou uma perna e o fêmur, estava internado em um hospital em Roma, capital da Itália.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Evandro

O mundo do entretenimento é a minha vida.