in

Segurança de Michael Jackson fala sobre ‘quarto secreto para crianças’ que ele tinha em casa

Uol

Matt Fiddes foi guarda-costas de Michael Jackson por muitos anos. Ele só foi desligado da função após a morte do cantor, em 2009. Em entrevista, o ex-funcionário do Rei do Pop fez algumas revelações acerca da casa do cantor e do tão falado ‘quarto secreto para crianças‘, a verdadeira história sobre o local foi revelada por Matt.

Publicidade

Em entrevista concedida ao podcast Scott McGlynn, ele contou alguns detalhes sobre os anos que passou servindo o cantor. Ele revelou que, na verdade, o quarto secreto que as pessoas falaram que era para crianças, era o quarto do Pânico de Michael.

Fiddes disse que estava com o cantor quando ele foi comprar a casa e, durante a primeira visita à residência, o quarto secreto foi apresentado ao cantor. Aquele seria o refúgio de Michael caso algum imprevisto acontecesse na casa, lá estaria todo o suporte de coisas para ajudar o cantor a não se entediar trancado no local, enquanto alguma invasão ou problema era resolvido.

Publicidade

Por ser extremamente famoso e multimilionário, o assédio das pessoas à Michael era muito grande. Segundo o ex-segurança, era muito comum que as pessoas caíssem de paraquedas dentro da propriedade, os alarmes soavam e Michael era obrigado a se esconder no quarto do pânico e ficava trancado horas a fio, até que a situação fosse resolvida.

Publicidade

Atualmente, Matt é empresário e personal trainer. Ele conta que a coisa mais ridícula que as pessoas inventaram é que aquele quarto servia para algo ilícito, já que é comum pessoas abastadas terem algum tipo de refúgio dentro de suas mansões para ter segurança, caso uma emergência aconteça.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Tatiane Braz

Estudante, escritora e apaixonada pela verdade, tenho como meta levar a notícia de forma clara e real. Amo ler e percebo a cada dia que um mundo melhor se faz quando o conhecimento que adquirimos é colocado em prática.