in

Ex-repórter do Jornal Nacional aparece no telejornal como investigada da Polícia Federal

TV Globo

Nesta sexta-feira, 3 de julho, uma ex-repórter do Jornal Nacional reapareceu no programa noticioso mais assistido do Brasil por um motivo ruim. Após seis anos de deixar a televisão, ela é casada com um homem acusado de fraudar a compra de equipamentos para ajudar vítimas do coronavírus. Além de ser casada com o suspeito, Luiz Carlos Avelino Júnio, Daniela Assayag é secretária de Comunicação no estado do Amazonas. 

Publicidade

Ela e o marido são investigados pela Polícia Federal por deturpar a venda de respiradores, superfaturando preços. William Bonner falou sobre as investigações contra a jornalista. “A Polícia Federal está investigando o marido da secretária de comunicação do Amazonas por participação na fraude da compra de respiradores”, disse o apresentador do principal telejornal do país. 

Daniela Assayag chegou a aparecer dando um depoimento dentro do telejornal. Nas imagens, ela defende o marido e diz que as investigações não podem culpar o atual governo do qual ela faz parte. É claro que quem assistia ao Jornal Nacional lembrou do rosto de Daniela, mas de outros tempos. 

Publicidade

A jornalista trabalhou entre os anos de 1995 e 2012 na Rede Amazônica, fazendo reportagens no estado para a rede, ou seja, ela aparecia nos principais programas jornalísticos do canal. Além do próprio Jornal Nacional, onde reapareceu seis anos após deixar a TV, Assayag também bateu ponto em atrações como o Globo Repórter e o Jornal Hoje. 

Publicidade

Após a Globo, Assayag trabalhou como gerente de jornalismo da TV Crítica por quatro anos. Desde o início do ano passado, ela é secretária de Comunicação do governo. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.