in

William Bonner anuncia tragédia no Brasil, ao vivo, na tela da Globo: ‘pessoas morreram’

Principal telejornal do Brasil, o Jornal Nacional desta terça-feira (30) dedicou cerca de um minuto à tragédia ocorrida em Santa Catarina, no Sul do Brasil, devido aos fortes temporais que atingiram a região. Ventos fortes, de mais de 100 quilômetros por hora, causaram destruição em várias cidades do estado.

Publicidade

Com a narração de William Bonner, o JN mostrou imagens de destruição nas cidades de Florianópolis, Lajes e Chapecó. Milhões de pessoas ficaram sem energia elétrica devido ao temporal e houve também mortes. Tudo isso foi anunciado pelo apresentador do Jornal Nacional.

“Temporais atingiram o sul do Brasil hoje. Em Santa Catarina, três pessoas morreram e mais de 1,5 milhão de casas ficaram sem luz. Em Florianópolis, telhados inteiros voaram. Em Lajes, carros ficaram totalmente destruídos e o vento passou de 100 quilômetros por hora”, afirmou Bonner, enquanto as imagens eram mostradas.

Publicidade

Número de mortes aumentou

A passagem do ciclone extratropical, conhecido como ciclone bomba, por Santa Catarina provocou estrago. Quando o JN foi ao ar, três pessoas haviam morrido. Na manhã desta quarta-feira, a Defesa Civil do estado atualizou os dados e o número de mortes dobrou, chegando a seis. Em Chapecó, um idoso morreu após ser atingido por uma árvore.

Publicidade

Ventos de 120 quilômetros por hora atingiram o estado da região sul. Rio Grande do Sul e Paraná também foram atingidos pelos fortes ventos. Mais de 1.600 ocorrências foram registradas em Santa Catarina e há previsão de ventos fortes também nesta quarta-feira. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!