in

Repórter da CNN é assaltada em entrada ao vivo de telejornal e internautas detonam emissora; assista

CNN

Exercendo sua profissão na manhã deste sábado (27), a repórter Bruna Macedo viveu momentos de tensão e susto enquanto estava em um link para a CNN Brasil. Enquanto comentava sobre a chuva que atinge a cidade de São Paulo, a jornalista foi abordada por um homem que portava uma faca e teve seus bens roubados.

Publicidade

Boa parte do crime acabou sendo exibida ao vivo durante o telejornal, e é possível ver Bruna sendo pressionada pelo bandido para entregar os seus pertences.

Segundo informações do UOL, Bruma Macedo teve dois aparelhos de celular furtados na ação do meliante. Depois de 20 minutos do assalto ser exibido em rede nacional, o apresentador Rafael Colombo falou sobre o crime, e justificou o motivo pelo qual a emissora optou por tirar a imagem do ar, pelo fato de não saber o que estava acontecendo no momento.

Publicidade

“Tomou um susto danado, mas está bem, não sofreu nenhum tipo de ferimento. Ela vai prestar queixa na polícia e é vida que segue”, disse o apresentador ao falar sobre o assunto, informando ainda os próximos passos da repórter.

Publicidade

Repercussão

Pouco tempo depois do ocorrido, as imagens do assalto já estavam nas redes sociais. Inúmeras pessoas criticaram a emissora pela falta de segurança dada à repórter.

Publicidade

“O principal erro ai. Enviar a repórter sozinha para fechar um link. O termo vídeo-repórter quer dizer que o repórter monta o link sozinho, sem apoio de ninguém. Erro.”, afirmou um internauta.

Nas imagens instantes antes do assalto é possível ver o criminoso analisando o ambiente para poder executar a ação.

Publicidade