in

Demitido da Globo, Stênio Garcia faz desabafo emocionante e não descarta processo

Reprodução - TV Globo

Figura cativa na teledramaturgia e seriados da Rede Globo de Televisão por quase 50 anos, o ator Stênio Garcia foi desligado da emissora carioca pouco antes do cenário de pandemia tomar conta do Brasil. 

Publicidade

Em entrevista para a jornalista Fábia Oliveira, o experiente profissional revelou que ficou chocado quando recebeu a notícia da demissão, afirmando que precisou contar com ajuda de médicos para contornar a situação delicada. “Eu fiquei sem chão. Nunca tive problemas com a emissora e considerava a Globo como a minha casa”, disse Stênio Garcia.

Apesar do acontecido, o ator reforçou que o respeito para com a TV Globo segue o mesmo. Stênio aguardava novos convites da emissora desde 2013. No entanto, como não surgiram oportunidades, a empresa acabou optando por demiti-lo. 

Publicidade

Antes de ser desligado oficialmente da TV Globo, Stênio Garcia chegou a fazer um apelo, solicitando que autores de novela destinassem algum papel para ele, que por ser funcionário da emissora estava totalmente à disposição. Apesar disso, nenhuma nova proposta surgiu para o ator.

Publicidade

Mal cultural

Ainda na entrevista, o experiente ator lamentou o fato de que os profissionais da teledramaturgia estão sendo colocados de lado, uma vez que muitas coisas mudaram na TV.

Publicidade

“É um mal cultural do Brasil, infelizmente, e principalmente nesta área pouco necessária que é a cultura”, afirmou Stênio.

Possível processo

Aos 88 anos, o veterano ator não descartou a possibilidade de entrar com uma ação contra a Rede Globo de Televisão, mas afirmou que estudará o caso para tomar uma decisão sobre o assunto. 

Em razão da pandemia, Stênio Garcia disse que só tem saído de casa em necessidades extremas, e mesmo assim tem respeitado todas as recomendações. Questionado sobre ofertas de trabalho, o ator revelou que já surgiram alguns convites, mas nada ainda se concretizou, principalmente por conta do cenário da Covid-19 no país.

Publicidade
Publicidade
Publicidade