in

Sílvio Santos e William Bonner estão na mira de criminosos e caso vai à polícia

Notícias da TV - Reprodução

Nos últimos dias, Sílvio Santos e William Bonner estão sendo alvos de criminosos virtuais. O apresentador e dono do Sistema Brasileiro de Televisão (SBT), teve seus dados pessoais divulgados, entre eles o suposto número do seu CPF e cartão de crédito.

Publicidade

Por sua vez, o âncora do Jornal Nacional já revelou e denunciou que vem sofrendo intimidações pelo WhatsApp e chegou a receber alguns documentos sigilosos. Se identificados, os criminosos virtuais podem pegar uma pena de até 10 anos pelo atos.

Ameaças

A situação de William Bonner se coloca como mais grave, uma vez que houve ameaças. Recentemente, a TV Globo soltou uma nota revelando que além do jornalista, uma das filhas dele também recebeu uma lista com endereços dos familiares, e numerações de CPFs.

Publicidade

Especialista em direito digital, Maurício Tamer afirmou que o caso de Bonner engloba vários tipos de crimes. “A ameaça em si é um crime. Se além da ameaça, a pessoa pedir algum valor em dinheiro, nós estaremos falando do crime de extorsão“, contou Tamer. Segundo o especialista, quando alguém rouba dados pessoais de outra pessoa e a chantageia fica caracterizado “ameaça e extorsão”.

Publicidade

Caso Sílvio Santos

No início da semana, o grupo Anonymous voltou a aprontar e divulgou o “feito” nas redes sociais. Com supostos dados do cartão de crédito de Sílvio, uma postagem no Twitter agitou os internautas: “Vocês pediram, nós entregamos. Seguem dados do Silvio Santos, boas compras“, dizia o tweet.

Publicidade

A postagem provocou uma grande repercussão nas redes, tanto que o nome de Sílvio foi parar no Trending Topics (assuntos mais comentados da rede). O SBT se posicionou sobre o caso, e negou que os dados revelados são do apresentador.

Publicidade
Publicidade
Publicidade