in

William Bonner faz desabafo emocionante em entrevista e revela perseguição: ‘Fui agredido’

Reprodução - TV Globo

Convidado do programa Conversa do Bial que foi ao na madrugada desta quarta-feira (27), o jornalista William Bonner fez alguns desabafos e revelou o drama vivenciado nos últimos anos por conta de perseguições sofridas por militantes políticos. Em certo momento da entrevista, o apresentador do Jornal Nacional teve que segurar a emoção e ficou com a voz embargada.

Publicidade

Segundo o renomado jornalista, há algum tempo que ele não consegue ter uma vida normal, em razão de perseguições políticas por conta do posicionamento do jornalismo da TV Globo. Fato que de acordo com ele, se intensificou após as eleições presidenciais de 2018.

“Verbalmente agredido, insultado, desafiado. Dentro de uma padaria em um sábado, no bairro da Lagoa, uma cidadã embriagada, às 10h de manhã, ela se viu no direito de não apenas me insultar, ela fazia isso com um palmo e meio de distância do meu rosto. E eu não posso reagir. As outras pessoas ao arredor se mostraram constrangidos de forma atroz”, revelou Bonner.

Publicidade

Polêmica com filho

O jornalista também se mostrou bastante emocionado ao falar sobre a acusação que seu filho recebeu de estar supostamente na lista para receber o Auxílio Emergencial, onde foi alvo de golpes com o seu CPF.

Publicidade

Após as inúmeras críticas acerca do assunto, o apresentador do Jornal Nacional se posicionou nas redes sociais, saindo em defesa do filho. Na entrevista para Bial, o jornalista afirmou ter agido por impulso e revelou que precisou contratar advogados para resolver o caso. Em nenhum momento da entrevista, o renomado jornalista citou o nome de Bolsonaro, mas mandou indiretas ao presidente e seus apoiadores.

Publicidade
Publicidade
Publicidade