in

Humorista apoia Bolsonaro e diz o que poucos tem coragem

Notícias da TV

Neste domingo, 3 de maio, novos protestos à favor do presidente Jair Bolsonaro foram realizados em Brasília. Os protestos também eram favoráveis ao fim da quarentena do coronavírus. A doença já matou mais de sete mil pessoas em todo o Brasil.

Publicidade

Um dos famosos que esteve presente em Brasília para apoiar Bolsonaro é Paulo Cesar Rocha, o Paulinho Cintura. “Bolsonaro é o que interessa, o resto não tem pressa”, bradava o ator, que chegou a descer a rampa do Palácio do Planalto ao lado do presidente. Paulinho Cintura ficou  famoso na televisão por ter participado do  humorístico ‘A Escolinha do Professor Raimundo’. 

Paulinho Cintura, é claro, acabou criando polêmica na internet, especialmente nesse momento, em que o presidente tem sido atacado de todos os lados. Ele também divulgou vídeos em apoio ao presidente, como pode ser visto na publicação abaixo:

Publicidade

Vários internautas fizeram críticas a respeito da postura de Paulo Cintura. “O cara que antigamente bradava “saúde é o que interessa, o resto não tem pressa” hoje aparece se aglomerando e desrespeitando recomendações da OMS em plena pandemia pra fazer papel de bobo da corte de miliciano.. O retrato da mediocridade”, disse um dos internautas ao falar sobre o assunto. 

Publicidade

Paulinho Cintura também estava sem máscara durante suas manifestações. Ele é considerado idoso e, portanto, está no chamado grupo de risco da doença, ou seja, aquele que deve ter ainda mais cuidados. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.