in

Datena detona Sérgio Moro ao vivo e não deixa pedra sobre pedra

Band/Montagem

Datena faz duras críticas ao ex-Ministro Sérgio Moro. Neste sábado, 25 de abril, o apresentador José Luiz Datena fez duras críticas ao ex-Ministro da Justiça, Sérgio Moro. As críticas ocorreram um dia após Moro se demitir do governo do presidente Bolsonaro e, ainda por cima, divulgar prints que minam argumentos de Bolsonaro e ainda comprometem uma deputada do governo.

Publicidade

Para completar, como mostra uma matéria do colunista Maurício Stycer, do UOL, Datena disse ainda que só responde à Band e que só irá parar de fazer críticas quando o dono da emissora, Johnny Saad, mandar. A atitude de Datena, ao vivo, no Brasil Urgente, gerou uma enxurrada de críticas nas redes sociais, pois o apresentador deslegitimou o método de Sérgio Moro para provar o que aconteceu nos bastidores do governo. 

Datena critica Sérgio Moro ao vivo e diz que só dono da Band pode calá-lo

Primeiro, Datena focou no fato de Sérgio Moro ter divulgado os prints de uma deputada que era sua fã. Carla Zambelli, do PSL, chegou a ter o ex-Ministro Moro como padrinho de casamento. Por isso, Datena questionou o vazamento dos prints de Carla e Moro pelo próprio ex-juiz federal da Lava Jato durante o Jornal Nacional de ontem, da TV Globo.

Publicidade

“Eu jamais faria isso. Pegar um print de uma afilhada minha, apresentar a uma emissora de televisão, ou para um jornal”, contou o apresentador. “Se é crime ser hackeado, por que ele age como um hacker particular e pega um print da própria afilhada dele e mostra numa emissora de audiência enorme?, questionou o jornalista, que é tido como provável candidato em São Paulo. 

Publicidade

Sobre críticas feitas a ele, o apresentador foi enfático. “Enquanto eu tiver língua e boca, eu estou aqui pra falar”, garantiu ele.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.