in

Beyoncé e as palavras que ninguém esperava: ‘está matando os negros’

Rap Mais

Beyoncé foi uma das participantes no show ‘One World: Together At Home‘. Organizado por Lady Gaga, o evento contou com vários artistas, de várias áreas, que cantaram ou deixaram uma mensagem na luta contra essa pandemia. No final, esse show, que foi transmitido por todo o mundo permitiu juntar mais de 117 milhões de euros, para a luta contra esse novo coronavírus, que está fazendo milhares de vítimas por todo o mundo. 

Publicidade

Beyoncé deixa alerta importante para os afro-americanos

A cantora Beyoncé, de 38 anos de idade, também esteve presente, desde sua casa, mas ela não cantou. Mesmo sendo uma favorita de todos, a beldade se arrumou no seu melhor e gravou uma mensagem impactante, que está dando que falar. A cantora americana pediu para os negros se cuidarem, porque esse vírus seria mais perigoso para as pessoas de cor. “Esse vírus está matando pessoas negras”, disse Beyoncé para todo o mundo escutar, uma mensagem, que não estava sendo tão divulgada assim, mas que tem fundamento. 

Beyoncé fez um discurso apaixonado durante sua aparição, lembrando que esse novo coronavírus está afetando severamente as comunidades afro-americanas, especialmente na América. A cantora revelou que 57% das mortes por Covid-19, na sua cidade natal, Houston, no Texas, eram de ascendência afro-americana. “Por favor, se protejam. Somos uma família e precisamos de vocês. Precisamos de suas vozes, suas habilidades e sua força em todo o mundo”, pediu a cantora. 

Publicidade

A justificativa de Beyoncé sobre essa maior incidência teria que ver com os trabalhos dos afro-americanos, que não permitiriam para as pessoas ficarem dentro de casa, mais protegidos. Claro que isso faz sentido, porque todos os que continuam trabalhando estão em maior risco. Porém, estudos mostram ainda outras razões que colocariam os negros com um risco maior. 

Publicidade

Ligação entre pele mais escura e imunidade menor

De acordo com vários estudos, a vitamina D, que vem do sol, ajuda na força óssea e desempenha um papel fundamental na imunidade. Porém, a melanina na pele faz uma defesa contra os raios do sol e os negros têm mais melanina na pele, o que vai fazer com que eles absorvam menos a vitamina do sol. Pior ainda nos climas mais frios, que eles vão ter menos chances ainda de absorver essa vitamina D. 

Publicidade

De acordo com um estudo da Organização Mundial da Saúde sobre infecções do trato respiratório, a falta de vitamina D “pode afetar o sistema imunológico”. Como se sabe, o novo coronavírus afeta mais os pulmões. Portanto, tomar sol, essa vitamina D ou mesmo tomar alguns suplementos de vitamina D, está sendo recomendado como uma forma preventiva contra o coronavírus.

Publicidade
Publicidade
Publicidade