in

Repórter da Globo é atacada ao vivo e César Tralli reage

Globo / Montagem

Repórter da TV Globo é atacada ao vivo e canal é chamado de lixo. A repórter Mariana Aldano, do SPTV 1ª Edição, foi tirada do ar após um grupo de homens atacar a emissora ao vivo. A jornalista falava sobre as filas nas portas do banco Caixa para receber o chamado auxílio emergencial de R$ 600 do governo federal. 

Publicidade

A Repórter da Rede Globo de Televisão estava ao vivo e o cinegrafista mostrava imagens da fila do banco, quando um grupo de homens, que até usava máscaras de proteção, simplesmente, atacou a emissora. “Globo lixo”, disse o grupo de rapazes indo para a frente da câmera. 

César Tralli fica perplexo com ataque à repórter da TV Globo ao vivo

O corte da televisão foi rápido e César Tralli ficou perplexo. A reação dele olhando com cara feia para a situação deu o que falar. Muita gente, inclusive, fez críticas ao grupo pela internet. 

Publicidade

Não é a primeira vez que um repórter do SPTV 1ª Edição é atacado durante a pandemia do coronavírus. Na semana passada, a vez foi do jornalista Renato Peters, que estava a frente de um hospital. 

Publicidade

Veja abaixo o momento em que a repórter da TV Globo é atacada ao vivo e manifestantes chamam o canal de lixo por estar cobrindo a pandemia de coronavírus. 

Publicidade

Nas redes sociais, muitas pessoas defenderam a TV Globo diante da iniciativa dos manifestantes. “Isso deve divertir os “organizadores”, sobretudo o grande incentivador do desrespeito à mídia.
Enquanto os meios de comunicação não fizerem algo orquestrado em conjunto, isso tende a piorar!”,
disse um dos internautas ao falar sobre o tema. 

Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.