in

Antes de morrer por coronavírus, jornalista do SBT denunciou negligência da emissora

Instagram/José Augusto Nascimento Silva | Divulgação/Metrópoles

Morreu na última segunda-feira (13) o editor de imagens José Augusto Nascimento Silva, vítima de complicações decorrentes do novo coronavírus. Antes de seu falecimento, o jornalista havia denunciado uma situação de insalubridade entre os funcionários do SBT Rio de Janeiro, apontando negligência por parte da emissora.

Publicidade

Jornalista do SBT morto com coronavírus fez denúncias

Por meio de mensagens de áudio enviadas via aplicativo de mensagens, o jornalista expôs a situação a qual os funcionários da emissora estavam sendo submetidos, forçando os suspeitos com a Covid-19 a seguirem suas rotinas de trabalhos normalmente. Uma dessas pessoas, citada por José Augusto, é a apresentadora Isabele Benito, infectada com o agente infeccioso e possivelmente de onde o jornalista morto teria contraído o coronavírus.

Nos áudios compartilhados com amigos e familiares, Naná – como era carinhosamente chamado – expôs toda a sua indignação com a emissora após as primeiras suspeitas surgirem nos bastidores. Embora os casos tenham sido relatados para a direção, a chefia disse que enquanto os resultados conclusivos não fossem diagnosticados, os funcionários deveriam seguir a rotina normal de trabalhos.

Publicidade

Negligência do SBT

“Nenhum lugar no Rio de Janeiro tem mais casos suspeitos que no SBT. (…) Eu agora estou sob suspeita, inclusive com atestado de 14 dias que o doutor deu porque me calcei, sabe que não sou burro. Se tiver que processar essa turma eu vou processar”, foram as palavras usadas pelo editor de imagens em um dos trechos do áudio, classificando a atitude dos diretores da emissora como uma grande irresponsabilidade.

Publicidade

Isabele havia relatado desde o início para os diretores do SBT Rio de Janeiro que o seu marido estava com fortes suspeitas de contaminação pelo coronavírus. Entretanto, a apresentadora foi mantida no trabalho, e só foi afastada quando o teste para o coronavírus deu positivo, interagindo com os colegas de trabalho, mesmo infectada, por vários dias.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Henrique Furtado

Henrique Furtado é um redator com vasta experiência no jornalismo online. Solidificou sua carreira com coberturas marcantes sobre os principais acontecimentos no Brasil e no mundo ao longo da última década. Suas especialidades englobam desde os bastidores da política, versando por esportes, atualidades e, claro, tudo o que acontece no mundo dos famosos. Está sempre ligado para entregar, em primeira mão, as últimas novidades para os seus leitores, 24 horas por dia, 7 dias por semana, 365 dias por ano.

Contato: henriquefurtado.jornalista@gmail.com