in

A grave acusação contra o cantor Jorge Aragão

EXTRA

Cantor Jorge Aragão é acusado de dar calote de R$ 500 mil e arruinar pequena empresa. O sambista Jorge Aragão está sendo alvo de um polêmico processo na justiça do Rio de Janeiro. A empresa Sonata Copyrights acusa o sambista de ter dado um calote de cerca de R$ 500 mil. Além do cantor, um produtor e um diretor do músico são acusados de terem dado esse calote. 

Publicidade

O caso foi dado em primeira mão durante o programa A Tarde é Sua, da RedeTV!. A empresa que acusa Jorge Aragão teria falido por conta da dívida. Jorge Aragão é acusado de receber R$ 300 mil para a produção de um novo CD e mais R$ 150 mil que teria sido utilizado para a compra de um veículo.

Os sócios da empresa afirmam que, em contrapartida, 30% dos cachês de Jorge Aragão durante alguns anos. No entanto, isso não aconteceu e a empresa acabou ficando sem caixa. A empresa entrou na Justiça alegando que foi vítima de um golpe. A audiência inicial do caso seria no mês passado, mas tudo foi adiado devido ao coronavírus. O artista ainda não se pronunciou sobre as graves acusações que recebeu. 

Publicidade

Processo contra o cantor Jorge Aragão deixa fãs desapontados nas redes sociais

Veja abaixo um print do processo contra o cantor Jorge Aragão, acusado de dar calote e arruinar empresa

Publicidade

Nas redes sociais, muitas críticas foram feitas ao cantor Jorge Aragão, que marcou o samba no Brasil com grandes clássicos. “Estou muito desapontado com tudo isso, é triste. Espero que tudo se revolva”, disse um dos internautas ao falar sobre o assunto, que teve grande repercussão.  

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.