in

Felipe Prior pode ser preso por até 12 anos, caso acusações graves sejam comprovadas

Globo / Montagem

Felipe Prior é acusado de estupro. Crime no Brasil é considerado hediondo e, dependendo da situação, quando existe a morte da vítima, pode gerar até 30 anos de prisão. No caso de Felipe Prior, que fez sucesso no BBB20, duas mulheres o acusam do crime e uma delas de tentativa. A denúncia foi exposta nesta sexta-feira, 3 de abril, pelo site da Revista Marie Claire.

Publicidade

Felipe Prior, um dos favoritos do BBB20, é acusado por três mulheres

De acordo com o Código Penal Brasileiro em seu artigo 213 (na redação dada pela Lei nº 12.015, de 2009), Felipe Prior, caso os atos em que ele é acusado sejam considerados verdadeiros e ele culpado, pode ter reclusão de pelo menos seis anos. Casos em que não há lesões na vítima, a Justiça condena crimes desse tipo de 6 a 10 anos de prisão.

No entanto, conforme mostra a matéria da Revista Marie Claire, pelo menos uma das vítimas acusa Felipe Prior de ter causado lesões físicas. Ela relata que chegou a ficar um semana sem conseguir andar direito, sendo necessário usar uma fralda e também ter ajuda da mãe.

Publicidade

Na época do suposto estupro de Felipe Prior do BBB20, em 2014, a vítima, que não teve o nome revelado, preferiu não denunciar oficialmente o caso à polícia. Com a exposição de Felipe Prior, essa vítima e outras duas mulheres procuraram advogadas e pretendem, agora, levar o caso a frente. 

Publicidade

Casos em que há uma lesão na vítima, segundo o código penal brasileiro, a pena de reclusão para o condenado é ainda maior, indo de oito a doze anos de reclusão. O ex-BBB ainda não se pronunciou sobre o assunto.

Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.