in

Órfãos da Terra: menino sírio que comoveu o mundo é homenageado e emociona de novo

Globo

A guerra na Síria completou 8 anos e já vem sendo considerada, pela Organização das Nações Unidas, como um dos piores desastres humanitários que já aconteceram desde a Segunda Guerra Mundial.

Publicidade

Aproximadamente 6,3 milhões de pessoas tiveram que abandonar suas casas, e mais de 5 milhões (a maioria, mulheres e crianças),  estão em situação de refúgio, segundo dados da ONU.

Por trás destes números, frios, que vão sendo atualizados pouco a pouco pela organização, uma cena de 2015 comoveu o mundo todo. Aylan Kurdi, de apenas 3 anos, foi encontrado sem vida, em uma praia da Turquia.

Publicidade

Autoras homenageiam Aylan Kurdi em cena de novela

A morte do garotinho aconteceu depois da tentativa frustrada de atravessar o Mar Mediterrâneo com a família. A cena foi usada pela autoras Duca Rachid e Thelma Guedes, que usaram o caso para retratar o drama que vivem milhares de pessoas. As duas se inspiraram nesses conflitos para escreverem a trama das seis.

Publicidade

No capítulo de Órfãos da Terra que foi ao ar nesta sexta-feira (05), a família da protagonista Laila (Julia Dalavia) também se lançam ao mar pata tentar fugir para a Europa pelo mar. O trajeto, escolhido para que a cena fosse realizada, foi semelhante ao feito pelo pequeno garotinho de 3 anos e seus familiares.

Publicidade

Diretor de Órfãos da Terra fala sobre gravação da cena

O símbolo dessa tragédia, que comoveu o mundo, acabou se tornando uma linda homenagem, através da representação de uma boneca. André Câmara, diretor que conduziu a gravação da cena, falou sobre a experiência.

André disse que a imagem do menino é muito marcante, e que é praticamente impossível as pessoas não se lembrarem dela.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Rômulo NC

Ator, youtuber e redator, Rômulo N.C é formado pela casa de artes cênicas Recriarte e sempre atuou como escritor de diversos sites.