in

Justiça manda Globo pagar indenização a vítima de pegadinha do ‘Caldeirão do Huck’

Area Vip

A Rede Globo acaba de ser condenada a pagar uma indenização de R$ 30 mil por danos morais e uso indevido de imagem de participante de uma pegadinha feita através do programa Caldeirão, do apresentador Luciano Huck.

Publicidade

Ricardo José Rímola havia participado, no ano de 2013, de uma pegadinha no quadro X1000. Ele trabalhava como professor e foi à óbito dois anos depois vítima de problemas no pulmão.

Publicidade

Publicidade

Quase cinco anos após a morte de Ricardo, a Justiça finalmente concluiu o processo contra a Rede Globo. O juiz que cuida do caso determinou que, mesmo após a morte, o professor teria direito de indenização: “Embora o dano moral seja personalíssimo, seus efeitos patrimoniais são transmissíveis“, declarou.

Publicidade

Todo o problema começou quando Ricardo passava por uma praça do Rio de Janeiro e foi abordado por um ator do Caldeirão para uma pegadinha na qual o homem pedia a camisa de Ricardo emprestada fingindo ser para uma entrevista de emprego.

Ricardo, que estava voltando do médico no dia em questão, não quis emprestar a roupa e continuou seguindo seu caminho. Mais adiante, o professor foi abordado pela equipe de produção da Globo, que solicitou que ele assinasse termos de uso de sua imagem.

Ricardo não quis aceitar que seu rosto aparece no programa e foi embora. Apesar da recusa do professor, a Rede Globo mostrou a cena na qual o educador aparecia, o que fez com que o processo fosse aberto. “A Rede Globo fez uso da imagem do autor sem seu devido consentimento. Tal fato, por si só, já se caracteriza como reprovável, pois nem todas as pessoas desejam participar de quadros televisivos em cadeia nacional”, concluiu o juiz.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Aurilane Alves

Escrevo sobre os assuntos mais bombados do momento, famosos, curiosidades, notícias em geral.