in

Âncora do Jornal Nacional da Globo processa colega que o xingou por ser gay

Reprodução/Jornal Nacional/Rede Globo

Matheus Ribeiro, funcionário da Globo, é homossexual assumido. Em novembro do ano passado ele estreou na bancada do Jornal Nacional, o principal e mais assistido telejornal do Brasil. Desde então, as suas preferências se tornaram motivo para os críticos dispararem ataques através das redes sociais, em uma conduta totalmente homofóbica. Quem esteve no meio da polêmica foi o radialista Luiz Gama, colega de imprensa, que insinuou através de uma publicação que o jornalista ganhou a vaga unicamente pelo fato de ter revelado ser gay.

Publicidade

Jornalista da Globo processa radialista Luiz Gama

As declarações geraram revolta, e Matheus Ribeiro tomou a decisão de levar o caso até a Justiça. Ele protocolou juntamente ao Ministério Público Federal uma notícia-crime contra o radialista Luiz Gama. Em entrevista concedida para o portal Notícias da TV, disse que atitudes que fomentem o ódio e a violência devem ser combatidas e denunciadas.

O profissional do jornalismo é funcionário da TV Anhanguera, a afiliada da Rede Globo no estado de Goiás. Ele foi o escolhido para o rodízio de apresentadores do Jornal Nacional, que ao comemorar os seus 50 anos no ar, convidou jornalistas de todos os estados do país para estarem por um dia sob o comando do principal noticiário da emissora carioca. A estreia de Matheus Ribeiro aconteceu em 9 de novembro do ano passado.

Publicidade

Quatro dias depois, inconformado com a decisão, Luiz Gama foi até os seus perfis nas redes sociais e disparou uma sequência de críticas à escolha feita pelo jornalista homossexual. “Onde o Brasil vai parar? Um apresentador de telejornal de qualidade média virou a bola da vez no jornalismo nacional só porque revelou que sua rosquinha está à disposição”, escreveu naquela oportunidade.

Publicidade

Radialista é demitido

O comentário feito pelo radialista foi amplamente criticado, e pouco tempo depois ele tomou a decisão de apagar o texto. Entretanto, vários usuários das redes fizeram prints da postagem, que rapidamente circularam pela internet. O caso despertou uma nota de repúdio por parte do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado de Goiás, e a consequente demissão por parte da Band.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Henrique Furtado

Henrique Furtado é um redator com vasta experiência no jornalismo online. Solidificou sua carreira com coberturas marcantes sobre os principais acontecimentos no Brasil e no mundo ao longo da última década. Suas especialidades englobam desde os bastidores da política, versando por esportes, atualidades e, claro, tudo o que acontece no mundo dos famosos. Está sempre ligado para entregar, em primeira mão, as últimas novidades para os seus leitores, 24 horas por dia, 7 dias por semana, 365 dias por ano.

Contato: henriquefurtado.jornalista@gmail.com