in

Suzane von Richtofen vai ganhar dinheiro com filme sobre assassinato dos pais? Detalhes

G1

O filme A Menina que Matou os Pais será lançado no dia 2 de abril, em todo o país. O longa-metragem remonta o assassinato do casal Manfred e Marisa von Richtofen, pais de Suzane von Richtofen.

Publicidade

A jovem foi acusada, presa e condenada por ter sido a mandante do assassinado dos pais. O casal foi morto no quarto de sua mansão, em um bairro nobre de São Paulo, em 2003. Daniel e Cristian Cravinhos foram presos pelo assassinato.

O primeiro era namorado de Suzane. O segundo era cunhado dela. O que para eles seria um crime perfeito, acabou sendo facilmente descoberto pela polícia.

Publicidade

Morte que chocou o Brasil vira filme

O diretor Maurício Eça dirige o filme A Menina que Matou os Pais. O primeiro trailer foi divulgado na segunda-feira e causou grande repercussão nas redes sociais.

Publicidade

Suzane será interpretada pela atriz Carla Diaz, que começou no SBT, na novela Chiquititas, nos anos 1990, e fez novelas da Globo recentemente.

Publicidade

Quanto Suzane vai receber pelo filme?

Uma das primeiras críticas ao filme, assim que foi anunciado que ele seria lançado, envolvia questões financeiras. Algumas pessoas achavam que Suzane, Daniel e Cristian receberiam algum dinheiro com o longa-metragem.

Mas a resposta é não. Nenhum dos envolvidos no crime vão receber qualquer quantia financeira. Os motivos são simples: o filme se baseia apenas nos autos do processo, que é público. Não há qualquer relação da produção com os criminosos e, por este motivo, não precisam ser pagos direitos autorais.

Além disso, não foi usado dinheiro público na produção. Quem for ao cinema, em abril, pode ir tranquilo.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!