in

BBB19: mudança no reality deve aumentar briga por comida

Reprodução / Tv Globo

Antes de o Big Brother Brasil começar, a pergunta feita é se haverá barracos na casa mais vigiada do país. A edição deste ano, que estreia na terça-feira (15), dá indícios de que barracos serão algo comum no confinamento que terá 17 participantes depois de a Globo desclassificar Fábio, na tarde deste sábado (12).

Publicidade

Segundo a jornalista Patrícia Kogut, de O Globo, a comida pode ser o principal motivo de brigas dentro da 19º edição do reality show. Todos os participantes vão receber as estalecas – moeda utilizada para comprar comida e outras coisas dentro do confinamento – de forma individual.

As compras também vão ser feitas individualmente. Após comprar, o participante decide se divide com a casa inteira ou se usará sozinho o item escolhido. Ainda de acordo com Patrícia Kogut, um painel será instalado na cozinha.

Publicidade

O painel vai ser atualizado com os saldos de cada participante e o total da casa. Quando acontecer punição individual ou coletiva, os valores do painel serão reduzidos. Se a perda for alta, os brothers poderão enfrentar o “Tá com nada” e terem uma dieta bem restrita.

Publicidade

Outra novidade, segundo Patrícia Kogut, é que o líder da casa também será envolvido no “Tá com nada”. Isso é prenúncio de muita confusão na casa mais vigiada do Brasil.

Publicidade

BBB 19 estreia na terça

A 19ª edição do Big Brother Brasil, assim como a 17ª e 18ª, será apresentada pelo jornalista Tiago Leifert. As reportagens dos bastidores ficarão por conta das ex-participantes Fernanda Keulla (BBB 13), Vivian Amorim (BBB 17) e Ana Clara (BBB 18).

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!