in

Família de Gugu se reuniu poucas horas após sepultamento para discurtir herança

Record TV / AGNews

Gugu Liberato foi sepultado em um cemitério de São Paulo no dia 29 de novembro. Familiares, amigos e fãs acompanharam o enterro do corpo do apresentador na capital paulista, depois de um velório de mais de 24 horas na Assembleia Legislativa (Alesp).

Publicidade

De acordo com a revista Veja, uma hora e meia depois do enterro, familiares de Gugu se reuniram para ler o testamento deixado por ele.

A divulgação do teor do testamento foi feita tempos depois. Gugu não deixou nada para a companheira Rose Miriam e isso tem causado polêmica até hoje. Ela entrou na Justiça.

Publicidade

Família de Gugu lê testamento

Após o enterro, a família leu o testamento. Gugu dividiu sua herança entre os três filhos e os cinco sobrinhos. João Augusto, de 18 anos, e as gêmeas Marina e Sofia, de 16, ficaram com 25% cada um.

Publicidade

Já os sobrinhos ficaram com 5% cada um deles. Dona Maria do Céu, mãe do apresentador, foi contemplada com uma pensão vitalícia de mais de R$ 100 mil mensais. Rose Miriam assinou os documentos no dia, mas depois protestou e acionou a Justiça.

Publicidade

Rose Miriam explica ida à Justiça

Companheira ede Gugu e mãe dos três filhos do apresentador, Rose Miriam afirmou que assinou o documento no dia porque não dormia fazia alguns dias e não tinha ideia do que a assinatura representaria.

Ela afirmou também que não pode aceitar um acordo em que não tem dinheiro nem para ir ao mercado. Rose Miriam garante que se tiver direito a alguma coisa, vai doar tudo para os filhos quando morrer. A briga na Justiça deve ser arrastar por mais um tempo.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!