in

Cleo: ‘cresci com alguns traumas emocionais e psicológicos’

Divulgação/TV Globo

Em alta vivendo Betina em “O Tempo Não Para”, folhetim global das sete, Cleo resolveu desabafar com seus seguidores do Instagram. Tentando entender traumas emocionais e psicológicos por qual passou e que acabou cometendo as mesmas atitudes com sua irmã, ela começou fazendo um questionamento ao público e a si mesma.

Publicidade

Cleo revela traumas emocionais e psicológicos que tinha e passou para a irmã

“Eu tenho me feito uma pergunta constantemente que é a seguinte: por que o oprimido vira o opressor? Se eu passo por uma situação horrível na minha infância, por que perpetuo ela quando eu cresço?”, disse.

“Eu cresci com alguns traumas emocionais e psicológicos de alguns adultos à minha volta que achavam que estavam fazendo o melhor para mim. Normal, acontece”. “Quando eu vi, eu estava fazendo a mesma coisa com a minha irmã, e eu percebi isso porque a nossa relação não estava saudável. Em toda relação você tem que questionar o seu papel nela e comecei a me questionar e comecei ver que eu estava perpetuando um tipo de atitude que eu odiava”, disse ela em outro trecho da sequência de vídeos que inseriu no Stories.

Publicidade

Cleo revê situação e encontra maneira de lidar com o problema

Para acabar com a situação, a atriz disse que passou a fazer uma auto-análise para com suas atitudes a fim de tentar descobrir o que lhe motivava a agir da mesma maneira.

Publicidade

Ela disse que achava que como aconteceu na vida dela, agindo da mesma forma com a irmã em sua mentalidade soava como que estava fazendo o bem.

Publicidade

Nos restantes finais, comentou que diante dessa lição de vida, aprendeu que se a outra pessoa não está gostando ou está doendo, é necessário parar. Disse também que as pessoas devem ter mais empatia, saber ouvir o outro e não tentar colocar algo que aconteceu em sua vida em outras pessoas também.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Thiago Santana

É redator do Grupo i7 Network, estudante de jornalismo e chocolatra.